Com vigilância e criminalização de usuários, Senado pode votar a pior lei de Internet do mundo

Está na pauta do Senado Federal para esta semana o Projeto de Lei 2.630/2020, de autoria do senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE). Apresentado como “Lei da Liberdade, Responsabilidade e Transparência na Internet” e proposto como uma forma de combater as chamadas “fake news”, o projeto ganhou relatório do senador Ângelo Coronel (PSD-BA) indo num caminho totalmente inverso: promovendo a vigilância massiva, abrindo espaço para criminalizar usuários de Internet e podendo se transformar, se aprovado, na pior lei sobre discursos na Internet do mundo. Saiba por que:

poliTICs 30 está online

Esta é a 30ª edição da poliTICs, resultado do trabalho de quase 12 anos, por vezes teimoso, da equipe do Nupef sob condições em geral adversas de recursos, desde julho de 2008. Duas novidades: a poliTICs está agora na categoria A1 no Qualis/CAPES. Celebrando este reconhecimento, a partir desta edição todos os artigos também serão publicados na versão online em inglês, em anexos a cada artigo em português.

A crise do .org é reflexo de uma crise sistêmica no DNS?

​Um dos assuntos do momento nos debates sobre governança da Internet é o anúncio da venda, por parte da Internet Society (ISOC), da entidade registradora ("registry") dos domínios .org, .ngo e .ong (a Public Internet Registry, ou PIR) a uma empresa privada criada, segundo as informações, especialmente para esse negócio.

Vozes das comunidades

Em outubro de 2019 o Nupef esteve mais uma vez no Maranhão para implementar redes comunitárias. Na comunidade de Pifeiros realizamos uma oficina multimedia compartilhando, principalmente com os jovens moradores, estruturas narrativas para áudio, vídeo e texto. Propusemos a realização de gravações de entrevistas e vídeos em seus aparelhos móveis e fotografia. Na máquina que opera como um pequeno servidor local e serve também ao uso de um computador desktop, instalamos o programa Audacity para edição de áudio.

Páginas