Estudos sobre redes sociais no Brasil (1996-2006)

Esta bibliografia é o primeiro resultado de uma pesquisa inédita desenvolvida pela pesquisadora Sonia Aguiar para o Nupef sobre o "estado da arte" dos estudos de redes sociais realizados no Brasil nos últimos dez anos (1996-2006). O levantamento foi feito a partir de uma busca pela palavra-chave "redes" nos currículos armazenados na Plataforma Lattes do Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq).
Por decisão metodológica, relacionada aos objetivos institucionais do Nupef, a busca foi restrita a seis disciplinas das Ciências Humanas (Antropologia, Ciência Política, Sociologia, Psicologia, Educação e Geografia) e a quatro da área denominada pelo CNPq de Ciências Sociais Aplicadas: Comunicação, Ciência da Informação, Economia, e Administração.
Em todas elas, foram privilegiados os estudos sobre interações de pessoas e relações sociais entre indivíduos, grupos, comunidades e organizações. E foram descartados aqueles que se concentram em redes logísticas (transportes, distribuição, exportação), redes de estabelecimentos (bibliotecas, supermercados, empresas, etc), redes de infraestrutura comunicacional (computadores, satélites, telefonia, TV, rádio), e ainda redes de termos, de citações, de leituras e de sentidos (estudadas sobretudo pela Ciência de Informação e pela área de Letras e Artes).
Para facilitar a localização e a recuperação dos estudos – em sua maior parte produzidos em âmbito acadêmico –, os títulos foram agrupados pelo tipo de produção:

  • Livros e capítulos de livros
  • Artigos em periódicos (impressos e eletrônicos)
  • Teses de doutorado e dissertações de mestrado
  • Monografias de iniciação científica, graduação e especialização
  • Trabalhos técnicos e comunicações em eventos

Na maior parte dos casos, foi fornecido um indicador de localização da obra na Internet ou meios de contato on-line com o(a) autor(a) ou orientador(a) do trabalho.
É importante alertar que, embora se trate do mais extenso levantamento bibliográfico já realizado sobre a produção nacional acerca das redes sociais, ele ainda está longe de ser exaustivo, dado o crescente interesse no tema, sobretudo nos últimos cinco anos.
O levantamento foi dividido em três arquivos (.pdf), abaixo disponíveis para download:

  • Ciências Humanas (multidisciplinar)
  • Ciências Sociais Aplicadas (Comunicação e Ciência da Informação)
  • Ciências Sociais Aplicadas (Economia e Administração)

Veja também outro levantamento bibliográfico inédito da mesma pesquisa:
Tecnologias nas redes sociais e economia política das redes digitais
Fontes de estudos sobre TDICs e redes no Brasil

Categoria: